Verdades e Mitos sobre a Pílula do Dia Seguinte

O uso da pílula do dia seguinte não faz bem a saúde de uma mulher, mas mesmo assim para evitarem um filho tomam a pílula.

Verdades e mitos sobre a pilula do dia seguinte

Ninguém deseja ter um filho quando não está planejado, porém quando isso acontece é um grande susto para as mulheres e principalmente pelo restante da família que sabem que terão mais uma pessoa para alimentar e dar tudo o que precisa. Infelizmente, o que as mulheres fazem atualmente quando acontece de ficarem grávidas é tomar a pílula do dia seguinte o que não faz bem para a saúde em algumas situações.

                       

Mitos sobre a pílula

- Muitas pessoas acham que trocar o preservativo pela pílula é o correto. Isso é um mito, pois não deve ser feito isso em hipótese alguma, já que a pílula só pode ser utilizada quando o método que utilizam deu errado e primordialmente em casos de estupro;

- É mentira que deve tomar a pílula após 72 horas da relação sexual. Se você fizer isso o seu filho irá nascer, pois depois deste tempo ela já não faz mais efeito. Quanto mais cedo for tomada mais a eficácia terá;

- Ela não é 100% segura em relação à preservação contra doenças. É importante que a pessoa saiba que a pílula não é um anticoncepcional, mas sim uma forma de evitar a gravidez indesejada depois que já aconteceu à relação sexual, logo no momento dela você não tinha a tomado. E mesmo que tivesse não faria efeito;

- Ela não é abortiva como a grande maioria pensa. Ela é um medicamento que age para dificultar o encontro entre espermatozóide e óvulo. Mas caso a fecundação já tenha ocorrido então ela vai agir de outra forma, trazendo a descamação no útero fazendo a implantação do óvulo não ocorra;

- Você não estará protegida até chegar a menstruação, pois terá se protegido momentos depois da relação sexual.

Verdades

- É verdade que o ciclo menstrual pode ser alterado sim. Infelizmente, depois disso ficará impossível calcular o seu período fértil. Outros sintomas costumam aparecer também como fortes dores de cabeça, vômitos, sensibilidade nos seios e outros;

- É possível engravidar mesmo tendo tomado esta pílula. Tomando ela mais cedo o possível menos riscos tem de engravidar. Agora se tomada em cima do prazo de 72 horas é possível que não consiga reverter e já esteja grávida;

- Ela pode ser tomada depois de 72 horas, porém quanto mais perto dessa validade mais chances tem de engravidar. Deve ser tomada em dois comprimidos, sendo a primeira dentro de 24 horas e depois após 12 horas;

- Tomar a pílula com frequência pode dar erros e você acabar engravidando. É preciso saber que conforme aumenta a frequência da pílula aumenta também as falhas;

- É necessária a prescrição médica para comprar sim! Porém, as farmácias acabam cedendo sem a receita.

Nenhum voto, seja o primeiro



Fabiano
11/03/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook