Como tirar RG

Como tirar RG

Todos os brasileiros e pessoas cidadãs de todos os países ao redor de todo o mundo precisam tirar o documento de identificação pessoal, mais conhecido como RG, ele irá te identificar e te classificar como cidadão do seu país, garantirá seus direitos e somente com ele você poderá se matricular em escolas, participar de campeonatos, viajar para outros estados e para o exterior, ter uma renda, ser um cidadão político, ter o direito de votar, entrar na faculdade e prestar concursos públicos, entre muitas outras coisas, ou seja, uma pessoa sem o seu RG não é considerada cidadã do país em que vive, para quem ainda não sabe, o RG é a carteira de identidade, cujo número do registro serve para expedir todos os demais documentos de um cidadão ou cidadã, assim o RG se torna um documento obrigatório, para todas as pessoas, se por um acaso você for parado por autoridades e não tiver em mãos o seu Registro Civil, que é o RG, você pode ser detido, pois não tem como provar quem é e não conseguirão achar seus dados em nenhum lugar.

                       

O Registro civil, sempre é expedido pelo órgão expedidor UF, ou seja, pelo lugar que vai fazer o seu Registro e conceder o seu RG, posteriormente sempre que você for precisar se inscrever em algum lugar ou em concursos, vestibulares, em jogos estaduais e regionais, você precisará informar o número do seu documento e também o órgão expedidor que geralmente é a abreviação do estado em que você mora. Os institutos de identificação são os que se tornam responsáveis por todo o serviço de emissão da sua carteira de identidade, ou o Registro civil ou nacional como é conhecido. Para pedir a emissão do documento, basta comparecer ao órgão expedidor na sua cidade e levar os seguintes documentos que são necessários: Uma cópia e a original certidão de nascimento do cidadão, ou também se não tiver a original poderá levar uma fotocópia que tem que ser autenticada em cartório. Uma cópia e o documento original da certidão de casamento, se a pessoa for casada. Uma foto colorida e não se esqueça de que ela deve ser atual, no tamanho 3×4 que é utilizado para documentos e com o fundo branco.

Se você quiser, também é possível que você inclua no RG os números de outros documentos, como o número do CPF e do PIS. Isso é bom, pois faz com que você carregue apenas um documento, com todos os números que são necessários, para isso, é só levar com você para o órgão expedidor estes documentos, assim você poderá solicitar o RG com os números já emitidos. Depois de levar esses documentos ao órgão expedidor, lá você irá carimbar o seu polegar direito e assinar o seu nome, se for analfabeto não se preocupe pois não será preciso. O importante é ter o documento. Após todos esses procedimentos, você aguardará o prazo de emissão que varia de acordo com o órgão expedidor, geralmente é de um dia até um mês, se você já possui a primeira via do RG, mas acabou perdendo ou ela foi roubada, deverá comparecer a um dos postos expedidores com os mesmos documentos que levou na primeira vez, para que a nova via seja emitida. Mas lembre-se que é cobrada uma taxa, a emissão da primeira via é sempre gratuita, pois é um direito de todos os cidadãos, já a segunda via, no entanto, possui uma taxa de serviço para emissão. Apesar disso, você pode comprovar que houve roubo ou furto através de um boletim de ocorrência, assim a emissão da segunda via será gratuita. Caso haja erros de digitação ou de dados no seu RG original e também pessoas que estejam desempregadas há pelo menos três ou mais meses, o pagamento também será isento.

Nenhum voto, seja o primeiro



Fabiano
23/03/09



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook