As doenças e suas causas

As doenças e suas causas

A casa dia a medicina e a ciência descobrem novas evidencias de que as doenças estão ligadas ao estado psicológico do paciente. Ou seja, sentimentos como a raiva, a angústia e o medo podem desregular o organismo e causar doenças. Deste modo a preocupação deixa de ser somente voltada à parte física e abrange também a parte espiritual. Mais do que combater as doenças e seus sintomas é preciso descobrir as causas psicológicas de cada uma delas para que possam ser evitadas. Um exemplo simples que comprova a relação entre espiritual e físico é o caso em que o paciente sofreu um infarto pelo estresse do dia a dia. Mas a situação é muito mais abrangente e embora o número de pesquisas venham aumentando, ainda falta muita coisa para ser esclarecida sobre o assunto.


                     

Segundo o filósofo Aristóteles, a felicidade está no equilíbrio. Partindo deste raciocínio, é possível concluir que mente, corpo e espírito tem que estar em equilíbrio para que haja saúde. Deste modo, não adianta só fazer exercícios físicos e não cuidar dos outros dois fatores, bem como não é suficiente ocupar a mente com pensamentos saudáveis e ignorar o resto. Segundo a psicóloga americana Louise L. Hay, todas as doenças tem origem no estado de não-perdão, ou seja, todos os sentimentos e ressentimentos guardados são causa de agressões ao organismo. Por isso é importante que sempre nos perdoemos e também ao próximo, procurando esquecer os erros e mágoas do passado. Ela também afirma que problema de saúde diferentes tem uma origem diferente. Confira a lista das doenças e suas causas:

DOENÇAS / CAUSAS:

AMIDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.
APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem.
ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo.
ASMA: Sentimento contido, choro reprimido.
BRONQUITE: Ambiente familiar inflamado. Gritos, discussões.
CÂNCER: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
COLESTEROL: Medo de aceitar a alegria.
DERRAME: Resistência. Rejeição à vida.
DIABETES: Tristeza profunda.
DIARRÉIA: Medo, rejeição, fuga.
DOR DE CABEÇA: Autocrítica, falta de auto-valorização.
DOR NOS JOELHOS: medo de recomeçar, medo de seguir em frente. Pessoas que procuram se apoiar nos outros.
ENXAQUECA: Raiva reprimida.. Pessoa perfeccionista..
GASTRITE: Incerteza profunda. Sensação de condenação.
HEMORRÓIDAS: Medo de prazos determinados. Raiva do passado.
HEPATITE: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
INSÔNIA: Medo, culpa.
LABIRINTITE: Medo de não estar no controle.
MENINGITE: Tumulto interior. Falta de apoio.
NÓDULOS: Ressentimento, frustração. Ego ferido.
PELE (ACNE): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
PRESSÃO ALTA: Problema emocional duradouro não resolvido.
PRISÃO DE VENTRE: Preso ao passado.. Medo de não ter dinheiro suficiente.
QUISTOS: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
RESFRIADOS: Confusão mental, desordem, mágoas.
REUMATISMO: Sentir-se vítima.. Falta de amor. Amargura.
RINITE ALÉRGICA: Congestão emocional. Culpa, crença em perseguição.
RINS : Medo da crítica, do fracasso, desapontamento.
SINUSITE: Irritação com pessoa próxima..
TIREÓIDE: Humilhação.
TUMORES: Alimentar mágoas.. Acumular remorsos.
ÚLCERAS: Medo. Crença de não ser bom o bastante.
VARIZES: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado

0 voto



Fabiano
20/01/10



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook