Alimentação para Hipertrofia na Academia

Se você vai à academia e pratica a hipertrofia confira aqui neste artigo qual é a alimentação ideal para que você atinja seu objetivo.

Não é de hoje que a alimentação se torna muito importante para quem quer fazer exercício, pois, é como se houvesse um ciclo vicioso, onde só faz exercício quem se alimenta bem, e também só se alimenta bem quem faz exercícios, isto tudo entra em questão nas academias do mundo inteiro.

Assim, conhecer a alimentação para hipertrofia na academia é algo fundamental nos dias de hoje, até porque todas as dicas de alimentações são bem vindas, até mesmo quando você acha que já sabe de tudo e quando percebe, está fazendo errado.

Entendendo a Hipertrofia

A palavra hipertrofia é bastante conhecida nos ambientes de academia. Mas para quem não sabe, vale a pena pesquisar um pouco sobre o assunto, ainda mais se está começando a praticar a musculação.

Alimentação para Hipertrofia na AcademiaNa verdade, a hipertrofia nada mais é do que o aumento das funções celulares e dos constituintes. Isso faz com que haja um aumento dos órgãos afetados e também das células. Para que isso aconteça, é preciso um grande esforço muscular, porém é importante saber o que se está fazendo, pois a atividade física em excesso pode trazer problemas sérios de saúde.

A hipertrofia causa mudanças no corpo, por isso os exercícios devem ser aumentados gradativamente. Ela causa alterações no coração e também é preciso se adaptar às maiores exigências metabólicas. É aí que entra a alimentação.

Vale lembrar que não só a musculação causa a hipertrofia, o aumento da massa muscular é estimulado por toda atividade física. O que ocorre é que na musculação, os exercícios são bem específicos, um para cada tipo de músculo.

A Alimentação na Hipertrofia

Não é porque você quer ganhar massa muscular que deve comer exageradamente. É preciso ter uma alimentação regrada, com os alimentos que dão maior estímulo à nova rotina do metabolismo e também te dão maior energia para realizar os exercícios de musculação.

O mais importante é ingerir o tipo certo de comida, não se pode comer muito e poucas vezes ao dia. É preciso comer porções espalhadas e divididas durante o dia. Para que o crescimento seja maior, o ideal é que sejam feitas de 5 a 7 refeições com proteínas, complementando com os carboidratos necessários.

O Que Não Pode Faltar

Lembre-se de incluir na sua alimentação diária, para potencializar o efeito dos exercícios:

• Carne magra bovina.
• Salmão.
• Ovos.
• Derivados de leite.
• Frango.
• Macarrão.
• Batata Doce.
• Entre outros alimentos ricos em proteína e carboidrato.

O Que Comer Antes e Depois do Treino

Antes: Você deve se alimentar pelo menos uma hora antes de ir ao treino. Esta refeição tem a função de te dar os nutrientes necessários para que você consiga desenvolver o treino. Você pode, por exemplo, tomar um shake de aveia e proteína ou comer um frango grelhado com batata doce.

Depois: Tenha calma e coma alimentos de qualidade após o treino. É preciso ingerir proteínas, para que as fibras danificadas sejam restauradas. Uma ótima dica é tomar whey protein, comer frango e clara de ovos.

   

Mais informações por email

Comentar